Generative art

Notes on algorithmic art made with a pen, paper and a polargraph.

The arxiv is there.


Trees, lots of them
2022/06/21-22:49:49


Playig with 3d printed forms
2022/06/02-10:18:29


The material of symbols
2022/05/21-18:51:36

I do think that Harold Cohen is correct about it.

"We do not optimize in freehand drawing, and it never seemed to me that the dynamic qualities of drawing would be captured by spline interpolations."

"All our behavior is acculturated to some degree, and any attempt to isolate a discreet behavioral mode which we might think of as "natural" would be fruitless."

"Some caution is in order. I have reached this point in many conversations to be told "Oh, you mean that the computer is just a tool." The answer to this is that the advent of the electronic computer requires a total rethinking of what tools might be, for if the thermostat and the speed governor are exactly equivalent to biological feedback systems, computer programs are potentially exactly equivalent to intellectual feedback systems. We have a long way to go before we fully comprehend the shift in significance of "tools" capable of the independent exercise of reason."

Obituary form the NYT: Harold Cohen, a Pioneer of Computer-Generated Art, Dies at 87 - The New York Times (2016)

Further reading.


Ishac Bertran
2022/05/20-13:58:49

Wonderful work!


All Singing
2022/05/14-11:11:04

"All Singing" is a poem created by Nick Montfort that describes the creation of the universe using a Perl script. Nick released the code in the public domain. Thanks Nick!

I've changed it a bit. These are my mods:

Here's the code I've used.

#!/usr/bin/perl
$t="A SWERVE ";
for(my $i=42;$i--;){$t.=(unpack "(A4)*","bangbankbendboomfleeflowformhackhowljumpplayringsingskewjam")[rand 15]."s".(" in"," up")[rand 5]." the ".("absence","blankness","silence","stillness","void")[rand 5]." \n ";}print $t."all that.\n"

My version of this universe was created ;) using Inkscape and Hershey's sans medium font. The SVG file is here for download.

You can buy a physical concretization of this poem at paperview.

Happy hacking!


Polargrafias
2022/05/11-17:41:22

Projecto

Projecto pessoal que preenche uma necessidade pessoal e individual que agora se concretiza depois da motivação estar latente durante mais de duas décadas. Na realidade é uma ocupação artística-científica, matemática-física-mecânica-informática-computação. Utiliza um conjunto muito limitado de recursos computacionais e físicos. Um polargraph é um robot com dois graus de liberdade que executa desenhos através de um processo computacional. Consiste, basicamente, numa caneta pendurada em dois fios cujos comprimentos são controlados por dois motores passo a passo. A cada par de comprimentos corresponde a um único par de coordenadas no plano do desenho e vice-versa. Parece-me a máquina mais simples que faz desenhos que podemos construir e explorar. A maioria dos desenhos são obtidos por repetição de regras simples e construídos algoritmicamente.

A máquina

A máquina é composta por: dois motores passo-a-passo, um arduino com um shiled CNC que corre o software grbl, umas peças impressas em 3D, uma placa de madeira, uma viga de madeira, fio de pesca e uma caneta BIC com diâmetro 1.6mm.

A comunidade faça-você-mesmo fica, normalmente, com os restos da industria ou do que está naquela altura na moda tecnológica superando-a.

Razões

Contra o velho preconceito romântico da inspiração, não de que ela não existe, ou "do que tu precisas é de trabalhar e depois a inspiração aparece", nada mais ortogonal. Não precisamos da inspiração porque temos algo que a substitui: a aleatoriedade. Com ela podemos ver uma infinidade de opções que a nossa imaginação ou intuição não alcança, aliás podemos mesmo afirmar que a aleatoriedade é uma porta ou passagem para a liberdade, enriquece os sentidos, encontra caminhos que gosto ou que me interessam, ao artista ou ao poeta cabe escolher um improvavelmente. Escolhe um, um local preferido.

O processo

Está sempre em abertura o processo: seja pela descoberta de um padrão novo, de uma regra computacional ou cópia de uma processo manual. Da escolha da linguagem de programação, quando as opções são muitas, normalmente usamos a que estamos mais habituados no uso de todos os dias: Octave. Depois de implementado o código o desenho é gerado em vários formatos para registo e um final para a prova de impressão em gcode: um código standard de controlo de máquinas de CNC e impressoras 3D.

A aleatoriedade, ao contrário de processos quânticos ou decaimentos radioativos, é construída por algoritmos de geração de números pseudo-aleatórios, não verdadeiramente aleatórios, mas terá de servir.

O processo criativo passa então pela simulação do objecto a ser desenhado, para vários valores ou parâmetros do qual o desenho depende e.g. um quadrado [EXPLICAR]


chernobyl.rkt
2022/05/08-11:11:19

     #lang racket
     (require file/md5)(define(S n x)(if(=(length x)0)x
     (let([i(list-ref x(random(length x)))])(cons(if(=(
     random(max(floor n)1))0)(md5(~a i n))i)(S n(remove
     i x))))))(for([i(in-range 500)])(sleep(/ 5(+ i 20)
     ))(write(S(- 25(/ i 15))(quote(
    ;-------------------------------------------------;
    ;       #"d4b7ab498e494f182f92627d9a38e60f"       ;
    ;-------------------------------------------------;
    [                                                 ]
    [ On 26 April 1986                                ]
    [                                                 ]
    [ You ask me why I drink?                         ]
    [                                                 ]
      (I was on the board (agronomy (Pripyat)))
    [                                                 ]
    [ at the time when word went up                   ]
    [                                                 ]
      (I passed a liquidator shouting for vodka
        (no - singing an old party song (a happy one)))
    [                                                 ]
    [ that our readings were wrong                    ]
    [                                                 ]
      (all the old people were oblivious 
        ("an apron (no lead) makes my cow"
          "(Ukrainian Grey) safe to milk"))
    [                                                 ]
    [ and were the ones on duty and in private theyre ]
    [                                                 ]
      (the technical people (from Moscow))
    [                                                 ]
    [ saying it cant be fixed                         ]
    [                                                 ]
      (it will take aeons to clear
        (the earth will be beautiful but barren
          (fooling the media (the usual corruption))))
    [                                                 ]
    [ and what are chemicals to a peasant?            ]
    [                                                 ]
      (an atom (a nucleus (a neutron)))
    [                                                 ]
    [ But they understood when their portions halved  ]
    [                                                 ]
      (and halved again)
    [                                                 ]
    [ Why dont you?                                   ]
    [                                                 ]
    ;-------------------------------------------------;
    )))))

URL: https://code-poetry.com/chernobyl


Made a square
2022/05/05-18:27:35

Monotonie, symmetry, surprise!


Vera Molnar
2022/05/04-21:29:54

DAM

URL: http://www.veramolnar.com/


PechaKucha Night #28
2022/05/01-15:30:02

Nome do projecto: Polargraphy

Descrição/Resumo: Polargraphy é um projecto pessoal que preenche uma necessidade pessoal e individual de ocupação artística-científica utilizando áreas de conhecimento fundamentais, como a matemática-física, computação-informática, software-hardware abertos. O projecto consiste na utilização de um conjunto limitado de recursos computacionais e físicos de um robot-máquina que controla o movimento de uma caneta BIC pendurada em dois fios apenas sujeita à força gravítica. A cada par de comprimentos dos fios, presos em dois polos, daí o nome, corresponde, de uma forma não-linear, um único par de coordenadas no plano do desenho e vice-versa.

São assim os desenhos obtidos por repetição de instruções e construídos com algoritmos determinísticos ou estocásticos, ou generativamente por regras simples, todos com resultados finais não previsíveis, seja pela aleatoriedade colocada explicitamente nos programas que os geram, ou pela falta de repetibilidade da máquina que os executa em papel.

URL: https://polargraphy.com/


+20
2022/04/25-15:17:31

Há muitos, muitos anos, se isto se pode escrever da vida de alguém, há mais de +20, desenhei com um escantilhão estas estruturas a lápis. A motivação foi, lembro-me perfeitamente, ou antes o catalisador, o alfabeto estrutural de Ana Hatherly publicado em 1967. Não me lembro exactamente como o consultei na altura, agora está disponível no arquivo po-ex.net, mas imprimiu sobre mim, agora que recupero parte daquilo que ficou esquecido durante este tempo, numa tinta pastosa de difícil remoção, algo que não saiu.

As "cópias" que fiz na altura são estas e não tenho a certeza de ter entendido na altura o texto que copiei.


from chaos to peace
2022/04/25-11:10:41

"From chaos to peace" is a concrete poem with words taken from a graph of Knuth's SGB word file. Two words are said to be adjacent whenever they share a sub-word of length four, making it possible for chaos to yield peace.

I'm releasing this drawing in the public domain.

Draw it.

Enjoy it.

Share it.

Happy hacking!


chaos chose whose holes hopes copes scope score store stare spare space paces peace


Arquivo Digital da PO.EX
2022/04/24-11:29:30

Imagem do ensaio gráfico-visual de E. M. de Melo e Castro sobre poesia na rua, originalmente publicado como separata da revista Colóquio Artes: "Pode-se escrever com isto".

https://po-ex.net/


Primeira mostra de trabalhos com a polargraph
2022/03/12-16:04:06

https://paperviewbooks.pt/


Resolução
2022/03/12-15:58:23


Hoje
2022/03/08-14:50:33

Depois de 6h de desenho com a polargrafe o resultado foi muito satisfatório, cada linha vertical dista uma da outra de 0.4m. Espanto-me sempre com a precisão desta máquina.


Criado/Created: 2022

Última actualização/Last updated: 21-06-2022 [22:49]


Voltar à página inicial.


GNU/Emacs Creative Commons License

(c) Tiago Charters de Azevedo