Incomodar é preciso

Outro dia falava-se da responsabilidade dos intelectuais, que se deveriam de abster, de estar nas redes e de perder tempo com isto.

Mas a responsabilidade dos intelectuais vai muito para além daquela reconhecida e atribuída a resto da população.

Estão numa posição que lhes permite expor as contradições dos governos, analizar os acontecimentos de acordo com as suas causas, motivos e muitas vezes intenções escondidas.

A esta minoria privilegiada dá a democracia, facilidades na vida, tempo livre e a prática por formação de procurar a verdade q está por detrás do véu de distorção e falsa representação, da ideologia e dos interesses de classe que os acontecimentos de todos os dias nos apresentam.

Por isso a responsabilidade dos intelectuais vai muito para além daquela que associamos à "responsabilidade das pessoas", dado os privilégios únicos que os intelectuais usufruem nas democracias modernas.

Adaptação de uns quantos parágrafos do "The responsibility of intellectuals", Chomsky (1966).

Criado/Created: 06-07-2020 [11:22]

Última actualização/Last updated: 06-07-2020 [11:23]


Voltar à página inicial.


GNU/Emacs Creative Commons License

(c) Tiago Charters de Azevedo