Infantilizaçāo da mensagem política no espaço público

... e simplificação da mensagem à categoria de meme. Afastar qualquer racionalidade da discussão política de modo a quem a use pareça estranho, desadequado e de pouca confiança política. O botão de like aparecerá no update seguinte.

Podemos identificar a infantilizaçāo do argumento político quando o debate não tem nenhum pensamento crítico e é simplesmente baseado em personalidades, aparência, memes e humor.

O fenómeno tem vindo a piorar com a utilização massiva das redes sociais onde a maior parte do discurso político está reduzido à sua forma mais pequena, isso vê-se claramente no Twitter onde lérias e piadinhas atrevidas e ignorantes abundam sem o mais leve sinal de análise OT (on topic).

Ninguém está ou fica imune ao fenómeno se não quiser ficar de fora, mesmo assumindo que se está fora, está-se dentro. Ninguém escapa a pensamentos intrusivos.

Há 3 fenómenos relevantes e concorrentes que nos controlam.

i. a professionalizaçāo da política e daquele que a exerce profissional: o político;

ii. a construção limitada e propositada das redes: há que ser breve, curto e grosso, engajar o maior número de pessoas o mais rapidamente possível;

iii. o reforço das bolhas que construímos, o block selectivo, a lista de seguidores "amigos" e o reforço tribal emocional.

Criado/Created: 13-08-2021 [12:21]

Última actualização/Last updated: 05-09-2021 [00:09]


Voltar à página inicial.


GNU/Emacs Creative Commons License

(c) Tiago Charters de Azevedo